Colégio Tema Novo

Teimosia infantil !!

Teimosia Infantil

 

Sabe aquela ida ao supermercado que se transforma em pesadelo, com seu filho gritando e esperneando pelos corredores porque você não quer comprar algo? Boa notícia: isso tem solução. Fiquem tranquilos pais!

 

            Seu anjinho parece que não ouve mais o que você (e nem ninguém) diz? Não obedece, chora sem motivo e ainda faz um escândalo fenomenal? Não se desespere! A birra infantil é a arte mais sutil de tentar manipular os pais em busca de atenção e conseguir o que se quer. Ela é uma tentativa da criança de expressar suas vontades com a certeza de que receberá um sim e se faz presente em sua vida mais ou menos com um ano e meio de idade.

Entenda o porquê:

            E lá vem a pergunta que não quer calar: “O que eu fiz de errado?” Nada, pelo menos por enquanto. Segundo a terapeuta familiar Suzy Camacho, a criança faz birra por não saber como lidar com as frustrações, e cabe aos pais serem firmes em cada episódio para ensinar a ela que o mundo não lhe dará o que quer nem na hora em que quer. A diferença é que os pais ensinarão essa lição com amor. Se seu filho nunca foi de fazer isso, é possível que esteja imitando um irmão ou amiguinho, caso ele frequente a escola.

            É importante que os pais mantenham o castigo ao retornarem do passeio. Uma boa maneira de ensiná-lo é com castigos de curta duração, principalmente para crianças de até oito anos. Mantê-la sentada em uma parte da casa sem atrativos, como o corredor, por exemplo, é uma excelente opção. Evite cozinha, o próprio quarto da criança, banheiro, etc. Nesses lugares, existem muitas distrações para ela – que nem perceberá que está sendo punida por algo inadequado que fez. Diga que deverá permanecer ali sentada por um período, mostre-lhe o relógio explicando que, quando os ponteiros estiverem em determinada posição, ela estará liberada. A cada tentativa de sair, o tempo reinicia e, assim, sucessivamente. Acreditem pais: funciona! Mesmo que seu filho fique desapontado ou sinta raiva de você em um primeiro momento, continue firme. Os pais e os cuidadores precisam preparar emocionalmente os filhos para o mundo, para o futuro, a fim de que eles aprendam que receberão muitos “nãos” ao longo da vida e que saibam lidar bem com eles.

            Se continuar sendo um “birrento de carteirinha”, muita atenção, pois esse padrão, principalmente após os sete anos de idade, indica um problema mais sério. É hora de procurar ajuda de um especialista.

 

O combinado não sai caro

Para evitar o espetáculo público, a especialista alerta: ”Antes de sair de casa, combine tudo com a criança e explique o que será e o que não será permitido. Deixe claro o que será possível comprar entre as guloseimas ou os brinquedos de que ela mais gosta e se o dinheiro será retirado da semana ou da mesada que ela recebe”. Caso ela não tenha esse dinheiro disponível, estabeleça um valor.

Área Restrita
Portal Professor

A ESCOLA

Quem somos
Notícias
Eventos
Horários

Desenvolvido por

Colégio Tema Novo © Copyright 2016